Abdominoplastia Antes e Depois, Preço, Riscos, Dicas – Vale a Pena?

Abdominoplastia é uma cirurgia plástica feita em homens e mulheres para retirar o excesso de pele e gordura localizada. Essa operação recupera a firmeza muscular do abdômen, diminui a flacidez da barriga e pode remover cicatrizes e estrias.

Se você chegou aqui porque quer tirar suas dúvidas e saber tudo sobre a abdominoplastia, você chegou ao Blog certo!

Abdominoplastia antes e depois
Abdominoplastia antes e depois: Descubra como você pode acabar com a flacidez e com a gordura localizada!

Comigo você vai descobrir por que essa é a cirurgia mais desejada pela mulheres e como ela pode te ajudar a conquistar a tão sonhada barriga chapada.

 

Vou te explicar exatamente o que é abdominoplastia (antes e depois), em quais casos ela é indicada, como é feita a cirurgia e também detalhes sobre o pós operatório.

Confira também o passo a passo da cirurgia e quais são os cuidados que você deve ter para garantir que o resultado será um sucesso!

Vamos juntas nessa amiga?

O QUE É A ABDOMINOPLASTIA?

A abdominoplastia, conhecida popularmente como plástica do abdômen, é uma cirurgia plástica utilizada para eliminar a gordura localizada na barriga, a flacidez na região e também as estrias localizadas próximas ao umbigo.

Sim, esse procedimento retira todo o excesso de pele da barriga!!

Além disso, a abdominoplastia também restaura a musculatura abdominal enfraquecida (aquela que te impede de ter a barriga em forma mesmo após o emagrecimento).

É por essas e outras que a abdominoplastia é um dos procedimentos estéticos mais procurados pelas mulheres e que ainda pode ter os resultados maximizados se combinada à lipoaspiração.

No entanto, é importante que você fique atenta às diferenças entre as duas, pois são procedimentos complementares e que possuem efeitos diferentes.

Enquanto a lipoaspiração apenas “aspira” o excesso de gordura localizada em determinada região do corpo, a abdominoplastia elimina o excesso de gordura localizada e também de pele, sendo mais indicada para casos em que a flacidez está presente.

CONHEÇA OS TIPOS DE ABDOMINOPLASTIA

Há três tipos de abdominoplastia, mas de forma geral ela é feita da mesma forma e visa o mesmo objetivo. O que faz com que ela receba nomes diferentes são pequenas mudanças feitas durante o procedimento.

Veja abaixo os tipos de abdominoplastia:

  • Mini abdominoplastia:

É destinada aos pacientes que precisam remover um pequeno excesso de pele e gordura. Para tanto, a cirurgia conta com uma incisão menor e não envolve o reposicionamento do umbigo.

É o procedimento mais indicado para pessoas mais magras, mas que possuem gordura acumulada na área que vai desde o umbigo até a região íntima.

De modo geral, a mini abdominoplastia é menos incisiva em comparação com os outros tipos e pode ser associada à lipoaspiração.

  • Abdominoplastia clássica:

Essa é a cirurgia tradicional e é indicada para remover maior quantidade de gordura e pele flácida presente na região abdominal.

Para esse tipo de procedimento é necessário fazer o reposicionamento do umbigo, mas é a opção que permite que a barriga fique com a aparência “chapada”.

  • Abdominoplastia em âncora:

Geralmente indicada para pessoas que passaram por uma cirurgia bariátrica ou que perderam muito peso de outra forma e ficaram com a chamada “barriga avental”.

Nesse procedimento é possível eliminar uma grande quantidade de pele que está em excesso na região abdominal. Por esse motivo, a modalidade também possui função de reparar o local para que volte ao tamanho adequado sendo, portanto, uma cirurgia estética e reparadora.

Diferente da abdominoplastia clássica em que a cicatriz fica na parte baixa do abdômen, nessa opção a cicatriz é semelhante a um “T” invertido (parece uma âncora mesmo ) e é daí que vem o nome.

Por meio de dois cortes, um na vertical e outro na horizontal, é possível eliminar de forma mais assertiva a flacidez e conseguir alcançar uma barriga lisinha.

PARA QUEM A ABDOMINOPLASTIA É INDICADA?

Não considere a abdominoplastia como primeira opção de tratamento à obesidade. Antes de recorrer a uma cirurgia, você deve experimentar a prática de exercícios físicos e adotar uma alimentação balanceada.

Aqui no Toda Saudável existem infinitas opções de dicas para emagrecer, remédios naturais para perder uns quilinhos e muito mais. Opção é o que não falta!

Agora, se você seguiu todas as recomendações para emagrecer e ainda assim não obteve resultados, você pode sim recorrer à abdominoplastia.

Pra ser mais específica, você pode considerar a cirurgia nas seguintes situações:

  1. Tentou acabar com flacidez na barriga por meio de dietas e exercícios físicos, mas não ficou satisfeita com o resultado;
  2. Passou por gestações e estas deixaram o seu corpo flácido e repleto de estrias próximas ao umbigo;
  3. Sofreu com o efeito sanfona e todo esse emagrece e engorda criou várias pelancas no seu corpo;
  4. Fez uma cirurgia bariátrica, perdeu peso muito rápido e acabou ficando com excesso de pele no abdômen;
  5. Tem problemas com a diástase (separação dos músculos abdominais devido à gestação ou a perda maciça de peso gerando flacidez no local).

Se o seu caso é a diástase abdominal:

diástase abdominal
Confira se o seu caso é de diastase abdominal e qual tipo você possui!

 Na cirurgia para a correção da diástase abdominal é feita uma incisão na parte inferior do abdômen e posterior descolamento do tecido até a altura do umbigo. Dependendo do caso, pode ser necessário ultrapassar a altura do umbigo e isso será decidido em conjunto com o médico.

Após cortar, o cirurgião plástico irá juntar novamente os músculos reto abdominais. O médico irá usar a pele que recobre a musculatura abdominal para fixar os músculos juntos, transformando essa pele numa espécie de cinta.

É possível aproveitar esse procedimento cirúrgico para incluir a abdominoplastia e acabar com outros  vestígios da gravidez, como flacidez e estrias, além de remodelar a cintura.

Para que você esteja completamente recuperada da cirurgia serão necessários alguns meses. No entanto, não é possível dizer com exatidão em quanto tempo você irá se recuperar, pois isso depende do grau de diástase e também do potencial de cicatrização de cada organismo.

PRECISO EMAGRECER PARA FAZER ABDOMINOPLASTIA?

Abdominoplastia antes e depois
É preciso emagrecer para fazer a abdominoplastia?

Dependendo do caso você precisará emagrecer sim! Se você deseja perder peso, além de se livrar da gordura localizada, o ideal é emagrecer antes da cirurgia para que todo o excesso de pele seja retirado durante o procedimento.

Por isso é importante fazer o processo da cirurgia de abdominoplastia com um cirurgião plástico especialista e bem experiente. Na consulta presencial ele será capaz de analisar se você precisa ou não precisa emagrecer para fazer abdominoplastia.

Uma dica valiosa é que se você tem interesse em perder peso faça isso antes da cirurgia. Isto porque ao eliminar peso após a plástica abdominal pode gerar tecido flácido novamente.

COMO É FEITA A CIRURGIA?

As cirurgias de abdominoplastia devem ser realizadas por profissionais registrados e em hospitais preparados para esse tipo de procedimento. Você será avaliada pelo cirurgião plástico durante algumas consultas e passará também pela análise do anestesista.

Para ter certeza que de está tudo certo com a sua saúde, você fará alguns exames pré operatórios para depois agendar a data da cirurgia.

A duração do procedimento varia de acordo com o tamanho de tecido a ser removido ou a necessidade de procedimentos adicionais como a lipoaspiração. Na maioria dos casos a cirurgia leva entre 2 e 5 horas.

A anestesia pode ser geral ou peridural com sedação. A anestesia geral é mais invasiva, tem maior tempo de recuperação e também implica em mais riscos. Mas fique tranquila, geralmente esse tipo de anestesia não é utilizada para cirurgias plásticas.

Já a anestesia peridural é mais benéfica para a paciente, pois permite uma recuperação mais tranquila e também contribui para a prevenção de tromboses que podem ocorrer durante o procedimento. Por outro lado, exige um anestesista mais experiente para realizar a aplicação.

Para a abdominoplastia, o que determina o uso da anestesia geral ou peridural é a experiência do médico anestesiologista. Por isso, é importante se certificar que o anestesista que irá acompanhar o procedimento é especialista em cirurgia plástica assim as chances dele aplicar a anestesia peridural é muito maior.

ABDOMINOPLASTIA PASSO A PASSO

Antes de iniciar a cirurgia de fato, a área é higienizada e as linhas de incisão são desenhadas para orientação do cirurgião plástico.

linhas de incisão em abdominoplastia
Exemplo de linhas de incisão em abdominoplastia

Primeiramente são feitas incisões acima da região pubiana em forma de semicírculo. A tamanho dessa incisão e sua forma dependem da opção de abdominoplastia escolhida e também dos limites corporais do paciente.

A pele e a camada de gordura sobre o abdômen são separadas e o tecido é descolado em direção ao tórax. Os músculos abdominais ficam expostos e, caso estejam afastados, o cirurgião irá suturá-los para formar uma nova parede abdominal plana e firme.

O cirurgião estica a pele e a gordura descolada sobre a parede abdominal. O umbigo permanece intacto, mas é coberto por essa camada de pele. O cirurgião faz uma pequena incisão para que o umbigo fique visível novamente.

A pele e a gordura que sobram são removidas completamente. Para evitar a formação de líquidos durante o processo de cicatrização do procedimento, são colocados drenos no abdômen, que permanecem no local por aproximadamente 2 ou 3 semanas.

Para finalizar, as incisões são suturadas e são feitos os curativos e aplicadas bandagens para manter a região firme.

Todo o procedimento leva entre 2 e 5 horas, dificilmente ultrapassando esse tempo.

COMO É A RECUPERAÇÃO?

A recuperação da cirurgia de abdominoplastia é um pouco dolorosa e requer alguns cuidados bem importantes.

Antes do procedimento você será informada pelo seu cirurgião sobre como funciona o pós operatório e o que você precisa fazer para ter uma ótima recuperação.

Nos primeiros dias, você precisará usar malhas de compressão, que apertam a região abdominal, ajudando a reduzir inchaços e evitando a formação de líquidos no local.

Além disso, esse tipo de cinta para pós operatório vai fazer você se sentir mais confortável após a cirurgia, pois oferece firmeza e conforto, o que é essencial para o processo de cicatrização da sua plástica abdominal. O tempo de uso varia de acordo com a extensão da cirurgia, podendo se prolongar por várias semanas.

Em caso de dor, você irá tomar os analgésicos que foram indicados pelo seu médico para aliviar o desconforto. Também é muito comum que surjam  hematomas e inchaços no local, mas eles desaparecem em poucas semanas.

Inicialmente, você precisará andar de forma um pouco curvada, pois não poderá ficar em posição completamente ereta  de pé. No entanto, após alguns dias é essencial iniciar caminhadas curtas para facilitar o fluxo de sangue pela região.

Você também precisará dormir de barriga para cima e com as pernas levemente dobradas, apoiadas sobre travesseiros. Essas são orientações importantes e que devem ser seguidas, pois você não poderá pressionar o abdômen ou correrá o  risco de prejudicar a cicatriz.

Aos poucos, a necessidade de se manter curvada vai diminuindo e logo você poderá voltar à postura normal, pois o processo de cicatrização já estará mais adiantado.

Alguns pontos são absorvidos pelo corpo com o tempo e os pontos que não absorvíveis devem ser removidos em aproximadamente 1 semana após o procedimento.

Algumas suturas da cirurgia serão mantidas no local por até quatro semanas.

Essa é uma cirurgia agressiva na qual a pele a ser removida é cortada, os músculos abdominais são separados da pele e costurados uns nos outros para depois a pele que sobrou ser puxada para fechar o corte. A recuperação é dolorosa, mas como o procedimento age direto no problema, o resultado é imediato.

VOU FICAR COM CICATRIZ?

Abdominoplastia antes e depois
Afinal, a cirurgia deixa alguma cicatriz?

Sim, após uma cirurgia de abdominoplastia você terá uma cicatriz.

Geralmente o cirurgião plástico realiza uma incisão na parte de baixo do abdômen, região que fica escondida abaixo das peças de roupa íntima, e é lá que a cicatriz vai ficar.

O tamanho da cicatriz varia conforme o tamanho do procedimento e quantidade de pele a ser removida. Se o excesso de pele estiver presente até o lado da barriga, por exemplo, a cicatriz chegará até esse local. Se for mais centralizada, a cicatriz pode ficar quase tão pequena como de uma cesárea.

Durante a consulta médica, o cirurgião plástico poderá estimar para você o tamanho final da cicatriz, pois não existe uma técnica universal na abdominoplastia. O médico irá avaliar a sua situação e realizar o procedimento conforme a necessidade do paciente levando em consideração que ninguém gosta de cicatrizes aparentes, né?

Outro ponto que sempre nos preocupa é a aparência e qualidade final da cicatriz. É comum ficar ansioso com o resultado, mas o corpo precisa de um tempo para cicatrizar e você precisará ter paciência.

É normal a cicatriz ficar avermelhada e com um aspecto estranho durante vários meses. Esse é um sinal de que a cicatrização está ativa e em fase de amadurecimento. Após mais ou menos um ano, a cicatriz já estará mais clara e com um aspecto mais liso.

É importante seguir à risca as orientações pós-operatórias para que a cicatrização tenha a melhor qualidade possível. Caso o processo não esteja evoluindo como deveria, consulte seu médico para que ele indique pomadas ou injeções que melhoram a aparência da cicatriz.

No entanto, a cicatrização é muito particular e os resultados podem variar bastante de uma pessoa para outra. Se você já é possui histórico de cicatrizes conhecidas como hipertróficas ou queloides, deve estar ciente do alto risco de surgirem cicatrizes de má qualidade nas incisões da abdominoplastia, por exemplo.

Todos os detalhes devem ser tratados previamente com seu cirurgião plástico para tentar amenizar ao máximo uma má cicatrização ou uma cicatriz com aparência feia.

Para que você tenha maiores chances de apresentar uma ótima cicatriz, listei algumas dicas valiosas para você, pois o cuidado deve ser grande:

  • Evite fazer esforço e exercícios físicos nas primeiras semanas após a cirurgia.
  • Siga todas as orientações do cirurgião que realizou a operação e não das suas amigas. Cada paciente tem uma necessidade e o que pode ter funcionado para a sua amiga pode ser um desastre para a sua recuperação.
  • O uso da cinta abdominal é recomendado por, no mínimo, 4-6 semanas.
  • O médico pode recomendar pomadas, aplicação de laser ou outro tratamento dermatológico para melhorar a cicatrização e o aspecto da cicatriz.
  • Faça acompanhamentos periódicos com o seu médico para ter mais chances de boa qualidade na cicatriz.
  • Se a cirurgia for combinada com lipoaspiração, é importante fazer sessões de drenagem linfática assim que o médico permitir, pois assim os líquidos acumulados serão eliminados mais facilmente.
  • Proteja a sua pele do sol. Evite expor a região operada ao sol, principalmente se tiver manchas roxas ou avermelhadas
  • Sempre use filtro solar quando for tomar sol sobre a região operada, mas aguarde pela autorização do seu médico antes.
  • O filtro solar deve ser usado por pelo menos 6 meses na cicatriz, caso ela seja exposta ao sol.

QUANTO CUSTA ABDOMINOPLASTIA?

 O preço da abdominoplastia pode variar entre R$ 10.000,00 e R$ 23.000,00.

O valor da cirurgia pode ser bastante diferente dependendo do estado no qual você mora e qual será o tipo de abdominoplastia escolhida, por isso esses valores estão sendo apresentados apenas para referência.

AFINAL, ABDOMINOPLASTIA VALE A PENA?

Abdominoplastia antes e depois
Vale a pena investir na abdominoplastia?

Se a cirurgia for indicada para o seu caso, sim, vale muito a pena!

Através de um procedimento relativamente simples você poderá ter a barriga dos sonhos, lisinha e sem gordura localizada ou marcas de estrias.

Como comentei com você neste artigo, é importante ressaltar que a abdominoplastia não deve ser utilizada como alternativa para o emagrecimento rápido, pois essa não é a sua função.

Ao realizar o procedimento você precisa estar saudável para que tudo ocorra bem, tanto durante o procedimento quanto no pós operatório.

O post de hoje foi imperdível e repleto de informações essenciais para você que está pensando em fazer uma plástica abdominal ou que está querendo saber mais sobre o assunto.

Te passei detalhes sobre o que é essa cirurgia, para quem é indicada e como é feita, passo a passo.

Falei sobre os principais cuidados durante o pós operatório e sobre como é a cicatriz para esse procedimento, além de um panorama geral sobre preços.

Gostou de saber mais sobre a abdominoplastia, como ela é feita e quais são seus riscos e benefícios?

Tem alguma dúvida sobre o assunto?

Comenta aqui comigo! Já aproveita e compartilha este conteúdo com as suas amigas também.

Beijo e até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *