Macronutrientes emagrecem? O que são e como se beneficiar deles

Alimentos, Bem-estar, Emagrecimento, Saúde | Atualizado em 21 março 2019

Que o corpo precisa de nutrientes para se manter ativo, todos sabemos. São eles que ajudam a manter o nosso metabolismo trabalhando para que o corpo possa realizar as mais diversas atividades.

Mas amiga, você sabia que há dois tipos de nutrientes?

Macronutrientes emagrecem

Saiba como você pode se beneficiar dos macronutrientes!

Existem os macronutrientes e também os micronutrientes. A diferença entre eles está na quantidade que organismo precisa para ter um bom funcionamento.

Em conjunto eles formam a base para a nutrição completa do organismo. Os macronutrientes são encontrados em proteínas, gorduras e carboidratos, sendo necessários consumi-los em maior quantidade do que os micronutrientes, que são encontrados em vitaminas e minerais.

Os macronutrientes estão ficando cada vez mais conhecidos devido à sua capacidade de nos ajudar a emagrecer ao serem incluídos da forma correta na dieta. A chamada dieta macro está famosa por conter esses nutrientes e não ser restritiva. Nela você pode comer o que quiser, sem pensar nas calorias, apenas na quantidade de nutrientes. Não é incrível?!

Se você está buscando formas de emagrecer com saúde, mantendo uma dieta equilibrada, está no caminho certo ao incluir os macronutrientes! Fique comigo até o fim do post e descubra como usá-los a seu favor!

O QUE SÃO MACRONUTRIENTES? EM QUAIS ALIMENTOS ESTÃO PRESENTES?

Os macronutrientes são os nutrientes dos quais o corpo mais precisa, por isso é importante conhecê-los. São eles: proteínas, lipídios e carboidratos, conforme já falei para você, amiga.

Os alimentos desses grupos devem estar presentes em qualquer dieta equilibrada. Se você se alimenta bem, pratica exercícios físicos regularmente e não vê resultados no seu corpo, pode estar pecando na quantidade ingerida de cada macronutriente.

Aqui tem mais dicas para quem não consegue emagrecer mesmo fazendo dieta e exercícios.

Para te ajudar a acertar na escolha desses alimentos, veja mais informações sobre cada grupo alimentar:

● Proteínas

A proteína é o nutriente essencial para o desenvolvimento dos tecidos do nosso organismo e da fibra muscular. É a partir dela que os músculos são formados e, diferentemente da gordura, ela não é armazenada pelo organismo.

No que diz respeito ao emagrecimento, o consumo de proteína acelera o metabolismo, ajuda a diminuir o apetite e atua positivamente sobre diversos hormônios que regulam nosso peso.

As maiores quantidades de proteína são encontradas em carnes e laticínios, mas ela também está presente em alguns alimentos de origem vegetal. Exemplos de alimentos ricos em proteína, são: quinoa, aveia, brócolis, carnes, leite, queijos e ovos.

● Lipídios (gorduras)

As gorduras desempenham as funções de fornecer energia para o organismo, ajudar a sintetizar vitaminas e produzir hormônios.

Ao contrário do que muitos pensam, o consumo de gordura é essencial para manter a nossa saúde em ordem, além de contribuir para o processo de emagrecimento. Sim, foi isso mesmo que você leu! Ao consumir gorduras boas (insaturadas) nosso organismo trabalha melhor e todos saem ganhando.

As gorduras ômega 3 e ômega 6 são exemplos de gorduras boas muito conhecidas e que podem ser encontradas facilmente em peixes, azeite de oliva, abacate e sementes de linhaça.

● Carboidratos

Os carboidratos geralmente são vistos como os vilões das dietas, aqueles alimentos que são tentadores e nos fazem engordar (macarrão, pão branco, refrigerante…). No entanto, eles são fontes de energia, sem os quais nosso corpo não tem forças para fazer nada!

Eles realmente podem nos fazer engordar, por isso o segredo está em saber escolher quais desses alimentos serão consumidos no dia a dia e quais serão consumidos em uma quantidade menor.

Você já deve ter ouvido falar em carboidratos simples e complexos, não é mesmo? Essa diferenciação é feita com base no tempo em que o organismo leva para quebrar as moléculas dos alimentos.

Ou seja, os carboidratos simples são digeridos, absorvidos e transformados em açúcar muito rápido. Por isso, após ingerir um carboidrato desse tipo sentimos fome logo em seguida, já que eles não nos trazem saciedade.

Alguns exemplos desses alimentos são: abacaxi, banana, mel, arroz branco, chocolate, sorvete e suco de laranja.

No entanto, não significa que você deve abolir esses alimentos da sua vida. Somente tome cuidado com o consumo em excesso, pois eles também são responsáveis pelo aumento da glicose no sangue, o que pode causar diversas complicações para a sua saúde.

Por outro lado, os carboidratos complexos são digeridos e absorvidos lentamente pelo organismo, nos proporcionando uma maior sensação de saciedade.

Além disso, esse tipo de carboidrato tem maior qualidade, pois neles estão presentes muito mais vitaminas, minerais e fibras, o que os torna mais nutritivos.

São ótimas opções de carboidratos complexos para adicionar à sua dieta os alimentos integrais, como arroz e pães, além de batata doce, grão de bico, abóbora, linhaça e tomate.

CONCLUSÃO

Agora que você sabe quais são os grupos alimentares dos macronutrientes e quais alimentos de cada grupo você deve consumir para emagrecer mais rápido, já pode começar a aplicar as dicas que te passei! Com elas você vai aproveitar muito mais todos os benefícios que os macronutrientes têm para oferecer.

Lembre-se: faça escolhas conscientes sobre os alimentos que irá consumir para tirar o melhor proveito possível dos macronutrientes. O equilíbrio no consumo irá trazer para o organismo todas as substâncias necessárias para melhorar a sua saúde e atingir o seu objetivo.

Caso tenha qualquer dúvida, me avise viu!

Gostou desse post sobre os macronutrientes? Conta aqui nos comentários quais desses alimentos são seus preferidos e como eles estão te ajudando a levar uma vida mais saudável.

Até a próxima!